quinta-feira, 8 de junho de 2017

Canto da madrugada...

Garoeiro – Natal, RN, 8 de junho de 2017.


















Procuro um canto para ouvir sonhando,
Quatro ou cinco notas na melodia,
Dos que na sala com meu pai ouvia,
Nadando em sonho quando os escutando.

Deixava o coração ficar cantando
Árias de tantas óperas que havia,
Quando o sonho da gente não sabia
Onde achar o que andava procurando.

Todos os dias nesse som que toca,
Idos cantos meu coração convoca,
Numa audiência que me desespera.

Por isso, entre acordado e dormindo,
Parece-me na noite estar ouvindo
Um canto onde a soprano exubera...

Nenhum comentário:

Postar um comentário