segunda-feira, 5 de junho de 2017

Abençoando...

Garoeiro – Natal, RN, 5 de junho de 2017.












Benze mão que abrandura
A dor do que está sofrendo,
Pois na bênção captura
O que a cura está querendo.

Na essência da juntura
Seu raro amor vai regendo
Calmo alívio que inaugura
A sutura do remendo.

E fomenta a estrutura
Só essa fé que a gente crendo
Ganha salvação futura,
Mas não quando está vivendo.

Quem benzido esconjura,
Não sabe o que está perdendo,
Tendo força a benzedura,
Seja eu mesmo me benzendo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário