domingo, 28 de maio de 2017

Eu amei...

Garoeiro – Natal, RN, 28 de maio de 2017.
[ Para: Soraya... ]









Se muito mais do que devia amasse,
A usufruir leal correspondência,
Jamais renegaria a contingência,
Tampouco as lágrimas que acarretasse.

O Grande Amor mesmo que ultrapasse
Pela grandeza a condescendência,
Acaba sendo o saldo da existência,
Longe do préstimo que o limitasse.

Nunca dando o que dei enquanto amo,
Irei tal mundo dado reclamar,
Porque do bem de amar nada reclamo.

Pois vale, apesar do que chorei,
Com tudo o que me faz desesperar,
Ai de mim, muito mais o que eu te amei...

Nenhum comentário:

Postar um comentário