domingo, 9 de abril de 2017

Alma de poeta

Garoeiro – Natal, RN, 9 de abril de 2017.












Meu anseio de amar realizado
Nesta satisfação controvertida,
É a sensação que trago sempre ao lado,
Na paz que conquistei em minha vida.

Constar que exagerei no procurado,
Na experimentação que amar convida,
Foi mais por preferir que o encontrado
Ultrapassasse a troca conhecida.

Porém no bem que vou vivendo agora,
Mantendo esta rotina sossegada,
Um sentimento, de repente, aflora,

Para negar a paz realizada,
E em poesia dentro d’alma chora,
Minha fome de amor desesperada...

Nenhum comentário:

Postar um comentário