sábado, 18 de março de 2017

Minha poesia

Garoeiro – Natal, RN, 18 de março de 2017.











No que essencialmente são
Estas notas orquestradas,
Inseridas onde estão,
Do futuro imigradas,
Cantando música em vão,
Vetada das ministradas
Nas récitas de plantão,
Fora a pauta das estradas,
Nenhuma chance terão,
Nem verão, jamais, menção,
Nos róis das vacas sagradas...

Nenhum comentário:

Postar um comentário